No Ketú temos Olorun como Deus supremo, criador de todas as coisas, e temos nossos orixás, as forças da natureza, nossos protetores, nossos anjos da guarda, orixás não são santos, são divindades, que estão mais próximos de nós, e como contam algumas Itans ( lendas) eles viveram na terra, na origem de tudo e tiveram participação na criação, e hoje apresentam-se no aye (terra) apenas em determinadas datas, para abençoar a egbê ( comunidade) ou Yawo seu protegido, ao todo são 16 orixás mais cultuados no Brasil são eles:

Exú

Faz a comunicação entre os dois mundos, orun e aye, leva com mais rapidez um pedido dos homens a um orixá, exu é o principio de tudo, é o primeiro a ser saudado, exu significa em yorubá “esfera” simboliza o infinito, exu tem acesso ao passado e ao futuro, é abertura de caminhos, os orixás respondem no ifá mas exu traduz, foi ele que ensinou , a arte da adivinhação aos humanos.

Dia da semana: Segunda-feira

cores: vermelho e preto

Saudação: Exu ye, laroye!

Ogum

Ogum é caminhos abertos, vencedor de demandas é o senhor das tecnologias, dono do ferro, guerreiro astuto, poderoso, ogum ajuda seus filhos vencerem na vida, um filho de ogum nunca se acomoda , pois ogum é valente e acostumado buscar o que se precisa.

Dia da Semana:  terça-feira

Cores: azul marinho

Saudação: Emi Neji Ogum Lacae!

Ode

O grande rei de Alaketú, orixá da fartura, da caça, exímio caçador, jovem, alegre, irmão mais novo de Ogum, onde está Ogum também deve estar Odé, pois juntos suas forças se somam, também é conhecido como Oxossi.

Dia da Semana:  Quinta-feira

Cores: Azul Turquesa

Saudação: Ará Um Xê, Koke Odé!

Omolu/Obaluaye

Obaluáye = “rei dono da terra” Omolu = “ filho do senhor”, são os nomes mais conhecidos deste orixá no novo mundo pelos nagôs, uma vez por ano as casas de candomblé fazem um ritual, uma festa para este orixá, o Olugbaje (Olu-aquele que, ba-aceita, jé-comer ; ou ainda aquele-que-come), são feitas oferendas e são servidas suas comidas votivas, em folhas de mamona.

Dia da semana: segunda-feira

Cores: vermelho, preto e branco

Saudação: Atoto! (silêncio)

Ossaim

Originário de Iraô, atualmente na Nigéria, perto da fronteira com o ex-dahomé, é estreitamente ligado a Orunmilá, pelo seu conhecimento das ervas. É patrono da vegetação rasteira, senhor das folhas e de seus preparos, é o mestre do mato, também conhecido como curandeiro, vive nas matas.

Dia da semana: terça-feira

Core: verde e branco

Saudação: Ewê ô!

Iroko

Iroko representa uma das, quatros árvores sagradas do povo yorubá, foi a primeira árvore plantada no aye e que ligou a orun, por onde os orixás desceram, este orixá tem a responsabilidade de cuidar de todas as árvores plantadas no aye.

Dia da semana: Terça-feira

Cores: branco, verde e cinza

Saudação: iroko i só ! eeró !

Oxumare

O orixá que se mostra em todo o mundo, através do seu principal símbolo o arco-iris (oxumaré), este fenômeno da natureza só aparece após a chuva, o arco-iris representa riqueza, a riqueza de oxumare e também a força, pois enquanto tiver arco-iris, a chuva não cairá, o arco-iris também é sinal de bons tempos e bonança, orixá das prosperidade e da fartura.

Dia da semana : quinta-feira

Cores: amarelo e preto.

Saudação: a run bobôi !

Nanã

Foi a primeira Yaba, ela é a mais antiga divindade das águas, não do mar e nem dos rios, mas sim das águas paradas, dos lagos, dos pântanos, da água primordial sob qual o Eledumare criou o mundo (terra), dona da lama e foi da lama que orinxala, modelou o homem e o deu vida, por isso ela esta ligada a criação.

Dia da semana: terça-feira

Cor: violeta, branco, azul

Saudação: Saluba!!

Oxum

A grande mãe das águas doces, sem está água não existiriamos, no novo mundo é muito homenageada nas cachoeiras, recebe todo tipo de presentes assim como Yemanja no mar, é genitora por excelência ligada à fecundidade (toda mulher que deseja engravidar recorre a oxum), ao amor, oxum é muito vaidosa e dengosa, adora presentes e elogios, maternal.

Dia da semana: Sabado

Cor: Amarelo-ouro

Saudação: Ora Yeye o!!!

Logum edé

Filho de orixás, Oxum Yeye Iponda e Odé Inlé, divide sua vivência em seis meses do ano sobre a terra, comendo caça, e os outros seis meses, sob as águas de um rio, comendo peixe, é também chamado de orixá Metá metá (duas metades) é o príncipe dos orixás, domina todos os elementos e conhecimentos de seus pais, seu domínio é encontro do reino do seus pais, as margens de um rio, que tenham vegetação.

Dia da semana: quinta-feira

Cor: Azul turquesa com amarelo ouro.

Saudação: Loci loci ou Okê Logun ! ou Logun o akofá

Obá

Orixá feminina bastante guerreira, tão forte como um homem, Obá, sempre deixou a vaidade de lado, para ser uma excelente guerreira, foi uma das esposas de Xangô, é a deusa do rio que leva seu nome, também é regente dos rios, das enchentes e das pedras nas encostas.

Dia da semana: quarta-feira

Cores: Marrom

Saudação: Oba xirê!!!

Ewá

Ora vista como guerreira, ora vista como ninfa, ela esta relacionada a mata, água e ar, na áfrica é a rainha do rio yewa, ela é a rainha das florestas inexploradas, na verdade de todos os lugares inexplorados, senhora do cosmo, e do céu cor de rosa, dono do horizonte entre o céu e a terra

Dia da semana: Quarta-feira

Cores: Branco marfim, vermelho coral

Saudação: HI Ho Ewá!!

Oya/Yansâ

Oyá é a deusa do rio que leva seu nome, orixá guerreira foi uma das três esposas de Xangô, senhora dos ventos e das tempestades, ligada ao elemento fogo, senhora dos eguns.

Dia da semana: quarta-feira

Cores: vermelho quase marron

Saudação: Êpa Heyi!

Yemanjá

O orixá mais conhecido no novo mundo, Yemanja, a rainha do mar, saudada em todos os cantos, na Nigéria é a deusa de um rio que leva o seu nome.

Dia da semana: Sabado

Cor: Azul claro, branco e o cristal

Saudação: Odo Ya!

Xangô

O grande Oba Kosso, Xangô foi o Quarto Aláàfin Òyó, é filho de Oranian e torossi (Históricamente) e Yamasse (como mãe no aspecto divino), casou-se com três esposas, Oxum, Oya e Obá, sua origem é no território dos Tapas, mais tarde reinou em Kosso, apesar de não ter sido aceito no começo por seu jeito durão, depois seguiu com o seu povo para Oyo.

Dia da semana: quarta-feira

Cor: vermelho e branco

Saudação: Kawó-kabiyèsíl !

Oxalá

O grande orixá funfun, pai dos orixás, criador da terra e dos seres vivos, através da qualidade Obatalá ou orinsala, Oxalá é muito respeitado, e detem um imenso poder, rege o principio da existência, como o ar, existência genérica, ancestralidade e morte representados pela cor branca.

Dia da semana: sexta-feira

Cores: Branco, Marfim, Pérola, Prata

Saudação: Xeu, Epí Baba!

Qualidades de Oxalá:

Oxalufan: é a representação do Oxalá velho, curvado, representando seus anos de sabedoria, a própria criação do mundo, ele carrega um cajado onde se apóia para caminhar o Apasoro

Oxaguian: é a representação do oxalá jovem, guerreiro desbravador, carrega uma espada e em suas lendas consquistou muitas cidades, seu templo fica em Ejigbô, ele é o rei de Ejigbô, gosta muito de inhame pilado.

Ibejis

É a divindade gêmea, protetor dos gêmeos, divindades infantis, orixás-crianças, Na África , as crianças representam a certeza da continuidade, por isso os pais consideram seus filhos sua maior riqueza. A palavra Igbeji que dizer gêmeos.

E ainda podemos citar Bani, Onilé, Orunmilá, Aje saluga, Yamin Oshorongá, Otim, orisa Oko e muitas outras divindades aparecendo em determinados cultos ou axé.